5 situações em que seu cheque pode ser devolvido!

Apesar de vivermos tempos onde tudo pode ser pago com o dinheiro de plástico – cartões de crédito e débito – os cheques ainda têm uma boa popularidade no comércio brasileiro.

Ainda são muito usados nas compras presenciais por alguns motivos:

  • As taxas de administração e de comissão que as empresas deles cobram das lojas, e essas estimulam pagamentos em dinheiro ou cheque por valores menores.
  • Muitas pessoas preferem os cheques por confiar mais em relação ao mundo digital, ainda receosas com seus dados expostos na rede e os crimes virtuais.
  • Pessoas que não dominam a internet, então usam os métodos tradicionais.

A rejeições de pagamento com cartões não causam impactos para a pessoa além do constrangimento e a perda da compra, mas os pagamentos com cheque podem criar alguns transtornos grandes e prejudicar o crédito.

Selecionamos 5 situações em que seu cheque pode ser devolvido. Assim você pode prevenir-se para evitar surpresas desagradáveis.

1) Motivos 11 e 12 – Insuficiência de Saldo

Infelizmente, é o motivo mais comum das devoluções – o famoso cheque sem fundo, quando a conta corrente não tem saldo disponível para pagar o cheque.

É uma situação que pode ocorrer por um descontrole quanto ao saldo, então é importante acompanhar de perto o movimento da conta para evitar uma devolução deste tipo.

O motivo 11 é quando ocorre uma primeira devolução. Neste caso, a solução é garantir que a conta terá o saldo necessário e aguardar a reapresentação do cheque.

O motivo 12 é uma segunda devolução, que pode provocar a entrada do CPF em uma lista de emissores de cheques sem fundos do Banco Central e uma série de restrições até que a situação seja regularizada – restrição a crédito em lojas, entre elas.

2) Motivo 22 – Ausência ou Divergência de Assinatura

É um dos maiores motivos, e felizmente simples de resolver – basta retornar à loja e assinar o cheque ou troca por outro com uma assinatura que seja reconhecida pelo banco.

Aqui entra um cuidado que poucas pessoas têm hoje em dia, de tanto usarmos os cartões: verificar se a assinatura registrada na conta é a que usamos atualmente.

Se a devolução por problemas com a assinatura ocorrer com frequência, uma dica é ir ao banco e pedir a atualização no registro da conta.

Teve ou recebeu um cheque devolvido motivo 22? Entenda o que fazer!

3) Motivo 13 – Conta Encerrada

Muitos cheques são devolvidos porque estão ligados a contas que foram encerradas antes e, portanto, não podem ser pagos.

É um problema especialmente com os cheques pré-datados, pois o banco só terá contato com ele quando for reapresentado. Além disto, é um procedimento bancário suspender a validade de todos os talões que estiverem ativos.

Uma dica para evitar esta devolução é controlar os pré-datados  e se preparar para o processo de cancelamento – não usar mais os cheques desta conta.

4) Motivo 20 – Cheque Cancelado Pelo Emissor

Este motivo ocorre quando o proprietário da conta comunica ao banco o roubo, perda ou extravio de um talão ou de folhas de cheque.

Após o banco acatar a solicitação, os cheques informados não serão pagos, sem prejuízos financeiros ou de cadastro para o proprietário deles.

Um ponto de atenção importante é identificar claramente quais folhas precisam ser canceladas, pois algumas podem ser realmente válidas e causar transtornos com que direito a desconta-los.

5) Motivo 21 – Cheque Sustado Pelo Emissor

Esta situação normalmente ocorre quando o emissor tem problemas com o fornecimento ou atendimento do produto ou serviço e precisa evitar o pagamento, por cancelamento do negócio.

É de responsabilidade do emissor os efeitos negativos que esta decisão pode ter com o fornecedor – por exemplo, emitir um novo cheque ou ter de resolver judicialmente por conta do cancelamento do pagamento.

 

Existem uma série de outros motivos, de incidência menor. Aqui tratamos dos mais comuns. Esperamos que tenha sido bastante útil para você!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *